Programação

ATENÇÃO: O LOCAL DA CONFRATERNIZAÇÃO MUDOU.
Será no Restaurante Terra Brasilis, na Urca. Couvert R$ 10, voz e violão e cardápio variado. Veja o local no mapa: https://goo.gl/maps/kjqPQubaqrE2
Site do restaurante: http://www.restauranteterrabrasilis.com.br

Programação sujeita a alterações.

Quarta-feira, 16 de março de 2016

Auditório Vera Janacopulos

8h – Inscrições e entrega de material

8h30 – Mesa de abertura 
Luiz Pedro San Gil Jutuca, Magnífico Reitor da Unirio; Evelyn Goyannes Dill Orrico, Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa; Ivan Coelho de Sá, Decano do Centro de Ciências Humanas e Sociais; Francisco Ramos de Farias, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Memória Social, Vera Dodebei e Diana Pinto (coordenadoras do evento)

9h – Conferência de abertura “Déchets et mémoires” 
Octave Debary – Université Paris V, Paris (tradução consecutiva)

10h – Cafezinho

10h30 – Mesa Redonda 1 – Instituições e Mediações Memoriais 
Coordenação: Jô Gondar
Palestrantes convidados: Rafael Andrés Patiño Orozco, Universidade Federal do Sul da Bahia; Vicente Rodrigues, Arquivo Nacional

12h30 – Almoço (livre)

14h30 – Sessão de comunicações I – Instituições e Mediações Memoriais

SALA 1 – Auditório Vera Janacopulos
Coordenador: Javier Alejandro Lifschitz

A010 – Museos de la memoria y testimonios: Reflexiones sobre el uso de testimonios orales en el Museo de la Memoria de Uruguay
Autora: Ana María Sosa González

A029 – O passado em disputa: política, memória e ditadura militar no Brasil
Autora: Barbara Goulart

A018 – Engenhos e Fazendas: memória da escravidão negra na província do Grão-Pará (1810-1850)
Autora: Juliana Medeiros

A009 – O movimento mães de maio e a instauração da comissão da verdade da democracia
Autora: Marcela Werneck
Coautora: Vera Dodebei

SALA 2 – Sala 7 da Escola de Nutrição
Coordenador: J.R. Bessa Freire

A011 – Espaços de resistência em Belo Horizonte
Autora: Ana Cláudia Ribeiro
Coautora: Ana Patrícia Guimarães

A012 – Discursos e memória oficial na Amazônia do século XX
Autora: Camila do Socorro Aranha dos Reis

A024 – O conjunto palmeiras na narrativa institucional do Banco Palmas
Autor: Cristiano Rodrigues Rabelo

A026 – Velho como o jornal de hoje: a intentona comunista nas páginas d’O Globo
Autor: Marcelo Gonçalves Ramos

SALA 3 – Sala 8 da Escola de Nutrição
Coordenadora: Denise Maurano

A007 – Memórias morro acima: a ditadura nas favelas cariocas e as comissões da verdade
Autor: Lucas Pedretti Lima

A008 – Memória social e gênero: a participação feminina nas organizações políticas clandestinas de esquerda durante a ditadura civil-militar em Fortaleza (1968-1972)
Autora: Athaysi Colaço Gomes

A030 – O fim da memória? Crescimento econômico e destruição do patrimônio cultural no município do Rio Grande – RS: o caso da fábrica Rheingantz
Autor: Rogerio Piva da Silva

A036 – O mal, a incredulidade, as reações
Autora: Sofia Debora Levy
Coautor: Francisco Ramos de Farias

SALA 4 – SALA 1 – PPGMS (ATENÇÃO: NOVO LOCAL)
Coordenadora: Lobelia da Silva Faceira

A001 – Escola, currículo e a formação da memória social
Autora: Sirlene Ribeiro Alves
Coautora: Carla Regina Vasconcelos

A023 – A instituição de memórias que fomentaram a prática do trabalho infantil
Autora: Glenda Felix Oliveira
Coautor: João Diogenes Ferreira Santos

A039 – Conspiração ininterrupta: o descaso da Administração Pública em face da memória da Força Expedicionária Brasileira
Autor: João José Jageliciavicius Privatti

C027 – Memórias de práticas de alfabetização de adultos no final do século XX
Autora: Tatiana de Santana Vieira

17h30 – Atividade Cultural – Apresentação do Trio Carioca

Quinta-feira, 17 de março de 2016

8h30 – Sessão de comunicações II – Linguagens e paisagens da memória

SALA 1 – PPGMS
Coordenador: Manoel Ricardo

A042 – Literatura e memória social em Moçambique: a perlaboraçao do trauma em Dumba Nengue, de Lina Magaia
Autora: Joseneida M. Eloi de Souza

B026 – Representações urbanas de moçambique: imaginários, histórias e memórias das cidades de maputo e beira nos filmes O grande bazar (2006) e Hóspedes da noite (2007), de Licínio Azevedo
Autor: Alex Santana França

B028 – Envios de memória em Elida Tessler
Autora: Isabela Magalhães Bosi

B033 – Sobre a história da memória de Sérgio Buarque de Holanda: Passagens (1979-1982)
Autor: Raphael Guilherme de Carvalho

SALA 2 – PPGMS
Coordenadora: Sofia Débora Levy

B016 – A construção de memórias híbridas sobre as Missões Guaraní Jesuíticas
Autora: Liane Maria Nagel

B025 – O amanhã é agora: Presentismo no Museu do Amanhã
Autor: Leopoldo Guilherme Pio

B027 – Pelas texturas da memória de Avignon: roteiros e afetos de uma cidade e seu festival
Autora: Renata Daflon Leite

C004 – A memória social e padrão heteronormativo: como a diversidade das identidades sexuais são silenciadas no ambiente escolar?
Autora: Lara Costa Barreto
Coautor: João Diógenes Ferreira dos Santos

SALA 3 – PPGMS – Sala de Memória e Patrimônio
Coordenador: Amir Geiger

A037 -O patrimônio cultural em debate na Assembleia Nacional Constituinte Brasileira (1987-1988) – Autor: Yussef Daibert Salomão de Campos

B009 – A memória da “desordem” brasileira: a elaboração de um microtesauro sobre a ordem e desordem nas colônias
Autora: Ana Claudia Vieira Vidal
Coautores: Miriam Ferreira Freire Dias, Miriam Gontijo de Moraes e Nelma Mota

B021 – Museu afetivo e educação patrimonial: compreender para valorizar
Autora: Nair Sutil

B035 – Memória histórica: recordações do cotidiano da primeira década do século XX
Autora: Maria Cristina Machado de Carvalho

SALA 4 – Auditório Tércio Pacitti
Coordenador: Sergio Silva

B003 – Cinema e memória: lembrar e esquecer em Hiroshima Mon Amour
Autora: Maria Leandra Bizello

B006 – Memória, juventude e identidade: a fotografia como forma de (re) conhecimento comunitário Autora: Luciane Raupp

C018 – O pictorialismo e a fotografia brasileira
Autora: Catia S. Herzog

C032 – A antiga chama do celtismo volta a aquecer o velho mundo?
Autor: Erick Carvalho de Mello

10h30 – Cafezinho

11h – Sessão de comunicações II – Linguagens e paisagens da memória

SALA 1 – PPGMS
Coordenador: Leonardo Munk

B012 – A noiva roubada, de Juan Carlos Onetti: entrelaçamento da memória individual e coletiva
Autora: Tanira Rodrigues Soares

B013 – Severa Romana: história e memória da “heróina da honra”
Autora: Jessica Maria de Queiroz Costa

C007 – A caixa d’água da Ceilândia e o reconhecimento da memória dos construtores de Brasília
Autor: Vinicius Carvalho Pereira

C011 – Memórias híbridas na quixabeira: entre a propriedade intelectual e o patrimônio imaterial dos artistas “folclóricos”
Autor: Achiles Silveira Neto

SALA 2 – PPGMS
Coordenador: Miguel Angel de Barrenechea

B029 – As memórias da cidade nas redes sociais
Autor: Valdir Jose Morigi
Coautores: Luis Fernando Herbert Massoni e Jocelaine Rodrigues de Sena

C005 – Do privado ao público – uma análise do processo de significação cultural da Chácara da Hera Autora: Daniele de Sá Alves

C031 – Aspectos da cultura caiçara na Ilha Grande
Autora: Cynthia Caroline Cavalcante

C043 – Resistência e revolução na memória da esquerda revolucionária
Autora: Adriana Maria Ribeiro

SALA 3 – PPGMS – Sala de Memória e Patrimônio
Coordenadora: Glaucia Vianna

B017 – A criança e a cidade
Autora: Karla Nazareth-Tissot

C038 – Anseios e desejos: mulher madura, memória e moda como construção social
Autora: Claudia Schemes
Coautores: Paulo Henrique Saul Duarte e Magna Lima Magalhães

C041 – Memórias de aprisionamento: discutindo o conceito de instituição à luz de uma instituição psiquiátrico-penal
Autora: Randiza Santis Lopes

C042 – As mulheres traficantes: entre as memórias de submissão e de resistência?
Autora: Fernanda Santos Curcio
Coautora: Lobélia da Silva Faceira

SALA 4 – Auditório Tércio Pacitti
Coordenadora: Diana Pinto

A016 – Memória e produções discursivas em páginas institucionais
Autor: Antonio José Barbosa de Oliveira
Coautora: Francini Rodrigues da Silva

B001 – Memórias e narrativas das bandas filarmônicas portuguesas na cidade do Rio de Janeiro – compreendendo a realidade atual
Autora: Diana de Souza Pinto
Coautor: Antonio Henrique Seixas de Oliveira

B002 – Memórias de um menino da capital no interior: as narrativas do outro como fundamento para uma arqueologia sensorial e pública
Autor: Gustavo Cabral Marins

C023 – Uma memória em construção: a atuação de Eunice Paiva em defesa dos direitos humanos, da ditadura militar brasileira à redemocratização
Autora: Mariana Rodrigues Festucci Ferreira

13h – Almoço (livre)

14h30 – Mesa Redonda 2 – Linguagens e paisagens da memória – Auditório Tércio Pacitti
Coordenação: Francisco Ramos de Farias
Palestrantes convidados: Leonardo Castriota, UFMG; Carlos Xavier de Azevedo Netto, UFPB e João Baptista Ferreira de Mello, Uerj

16h – Cafezinho

16h30 – Itinerário de pesquisas em memória social – Auditório Tércio Pacitti
Roda de prosa com os organizadores das publicações em lançamento:
Por que Memória Social?
Vera Dodebei, Francisco Ramos de Farias, Jô Gondar.
Patrimônio Cultural e Políticas Públicas
Cleuza Graebin e Zilá Bernd (Unilasalle), Evelyn Orrico, Diana de Souza Pinto.
Morpheus – Revista de estudos interdisciplinares em memória social
Leila Beatriz Ribeiro, Vera Dodebei, Evelyn Orrico (relançamento)

19h – Coquetel e autógrafos – Auditório Tércio Pacitti

Sexta-feira, 18 de março de 2016

8h30 – Sessão de comunicações III – Memória e práticas sociais

SALA 1 – PPGMS
Coordenadora: Sofia Débora Levy

A027 – Memória, Instituição total e cárcere: um olhar sobre o sistema prisional
Autora: Vivian Freitas de Melo

B014 – Memória social e cibercultura – cobertura jornalística participativa de show da banda Apanhador Só
Autora: Belisa Zoehler Giorgis

B019 – Da epidemia discursiva à era pós-coquetel: notas sobre a memória da aids no cinema e na literatura
Autor: Alexandre Nunes de Sousa

B024 – Memória, imaginário e história de vida: experiência formativa no estágio de artes visuais
Autora: Júlia Andressa Schütz

SALA 2 – PPGMS
Coordenadora: Leila Beatriz Ribeiro

B004 – Os super-heróis das histórias em quadrinhos na memória cultural do século XXI pela linguagem cinematográfica
Autor: Robson Santos Costa
Coautora: Evelyn Orrico

A033 – O Programa Nacional de Preservação da Documentação Histórica – Pró-Documento: arquivos privados e o direito à memória (1984-1988)
Autora: Talita dos Santos Milina

B015 – Museus virtuais e redes sociais: novas interfaces da memória
Autora: Priscila Chagas Oliveira

C009 – O fenômeno do big data e o lugar da Ciência da Informação
Autora: Bianca Rihan Pereira Amorim
Coautora: Bruna Carla Muniz Cajé

SALA 3 – Sala de Memória e Patrimônio
Coordenadora: Evelyn Orrico

A031 – Centros de documentação: novos espaços informacionais
Autora: Marcia T. Cavalcanti

B038 – Memória, identidade e pertencimento em narrativas de moradores do Fallet, Rio de Janeiro
Autora: Silvana Bagno

C029 – As representações sociais sobre ciganos na internet
Autor: José Aclecio Dantas
Coautora: Maria Patrícia Lopes Goldfarb

C030 – Bibliotecas públicas: espaços de experiência
Autora: Daniele Achilles
Coautora: Jô Gondar

SALA 4 – Auditório Tércio Pacitti
Coordenador: Ricardo Salztrager

A006 – O Programa Nacional de Museus: entrelaçamentos de ideias
Autor: Yazid Jorge Guimarães Costa

C008 – Comemorações: um brinde aos patrimônios culturais celebrations: a toast to cultural heritage
Autora: Renata Valério Povoa Curado

C010 – Tempo, compressão e criação: reflexões sobre condições de experiência subjetivo-temporal na contemporaneidade
Autora: Renée Louise Gisele da Silva Maia

C034 – Os processos de ruptura e continuidade em relação às formas de lembrar e esquecer sobre a trajetória da Escola de Samba Deixa Malhar
Autor: Sormani da Silva

10h30 – Cafezinho

11h – Sessão de comunicações III – Memória e práticas sociais (cont.)

SALA 1 – PPGMS
Coordenadora: Edlaine de Campos Gomes

A013 – A memória como prática pedagógica
Autora: Edna Maria da Silva
Coautor: Maurício Antunes Tavares

A028 – A cidade do Salvador: “memória a céu aberto” e a disputa de sentidos na preservação do patrimônio arquitetônico civil (1959)
Autora: Suely Moraes Ceravolo

C033 – Os fotógrafos da praça da matriz em Manaus-AM
Autora: Adrielly Vaz dos Santos

SALA 2 – PPGMS
Coordenadora: Maria Amália de Oliveira

B037 – Patrimônio cultural imaterial: identidade, reconhecimento e memória na feira hippie de Ipanema
Autora: Samira da Silva Deodato

C003 – Memória, Silêncio, Esquecimento e Turismo
Autor: Raniery Silva Guedes de Araujo

C019 – A aplicação da metodologia de História oral – dando voz às memórias dos pescadores da Praia do Paquetá – Canoas/RS
Autora: Juliana Pugliese Christmann

C036 – Os restos de um museu que não “morreu”: o caso do Museu Municipal Gecy Fonseca, Bela Vista do Paraíso-PR
Autora: Leilane Patricia de Lima
Coautor: João Davi Avelar Pires

SALA 3 – Auditório Tércio Pacitti
Coordenadora: Andréa Lopes da Costa Vieira

C012 – A Mediação dos Textos Acadêmicos no Processo de “Reafricanização” das Religiões Afro-Brasileiras: Etnografias como Espaços de Memória
Autora: Tânia de Souza Fernandes

C015 – Memória, identidade e comunidade:reflexões sobre um projeto de memória social na escola
Autor: Mauricio Antunes Tavares
Coautora: Isabelle dos Santos França

C020 – Memória, cultura e o cotidiano do subalterno: a dimensão da vida prática como elemento subversivo
Autora: Deyse Cortes Pereira

C021 – Memória Social e Ensino de História: Experiências de Educação Patrimonial com os módulos temáticos do Programa “Santa Afro Catarina”
Autora: Mônica Martins da Silva

12h30 – Almoço (livre)

14h30 – Mesa Redonda 3 – Memória e práticas sociais – Auditório Tércio Pacitti
Coordenação: Vera Dodebei, Unirio
Palestrantes convidados: Leticia Mazzucchi Ferreira, Ufpel; Marilia Xavier Cury, USP.

16h30 – Cafezinho

17h – Mesa Redonda Especial – Memórias e afetividades: 30 Anos do PPGMS – Auditório Tércio Pacitti
Coordenação: Regina Abreu e Leila Beatriz Ribeiro.
A memória dos primeiros anos e dos precursores do PPGMS será revisitada buscando uma tessitura na qual lembranças carregadas de afetos nos trarão os contornos desta iniciativa pioneira e funcional: o campo de estudos da Memória Social numa perspectiva interdisciplinar. Como se constituiu a proposta inicial? Quais os sentidos e objetivos de um curso com um perfil singular não afeito aos ditames da disciplinaridade? Quais os desafios e as proposições iniciais e como elas foram transpostas? Quais as pessoas importantes neste percurso e que merecem ser lembradas? Existe um balanço a ser feito? O que se almeja para os anos futuros?

19h – Confraternização